FACETAS!
Somos únicos.
Somos múltiplos.

By Moacir Rauber
FACETAS!
Skip to main content

Inspirar Pessoas para Potencializar o Coletivo: como cumprir essa proposta?

ESARH 2018:

Inspirar Pessoas para Potencializar o Coletivo.

Como cumprir essa proposta?

Primeiro pergunte-se: que mundo você quer respirar? A resposta está com você: depende do mundo que você inspirar! Trata-se de um convite para que cada um olhe para dentro de si mesmo, prenda os seus ladrões para inspirar pessoas e potencializar o coletivo:  inspire e inspire-se para respirar e inspirar.  Olhe para si mesmo, sinta e entenda o que realmente o inspira para poder inspirar os outros. O que você inspira? Esse é o mundo que você respira!

ESARH 2018 leva as pessoas a assumirem a sua responsabilidade no mundo coletivo que se respira!

Você sabe com quem está falando?

ESARH 2018:

Inspirar pessoas para potencializar o coletivo!

Você sabe com quem está falando?

É uma pergunta que nos leva a acreditar que se está diante de uma suposta autoridade querendo sobrevalorizar a sua importância ou frente a alguém que quer desvalorizar a nossa importância por sermos um ser minúsculo num universo infinito. Porém, o que eu gostaria de destacar é que os gestores (e todos nós) deveriam se fazer essa pergunta sempre que estiverem diante de qualquer outro ser humano. E isso acontece todo o dia, não é? Pergunte-se: será que eu sei com quem estou falando? A partir daí se lembre de que você está falando com um ser humano único e singular no universo e que o universo somente é o que é porque este Ser Humano com quem você está falando existe. A posição hierárquica que ele ocupa? A condição financeira que ele desfruta? Isso pouco importa. O que realmente conta é que você está diante de uma pessoa que é o centro do seu universo. Não há nada mais importante para ela do que ela mesma, assim como você o é para você. Entender isso em todos os níveis nos levará a um mundo em que o respeito, a aprendizagem e a evolução humana passarão a trilhar um caminho inspiracional rumo a potencializar uma coletividade equilibrada.