A Revolução dos Bichos – George Orwell

Quem não leu merece ler o livreto de 140 páginas, nada mais!

Pouco texto, mas muitas comparações com os dias de hoje…

E os bichos? Sim, eles se revoltaram contra o proprietário da granja, puseram-no a correr e escreveram os seus mandamentos:

OS SETE MANDAMENTOS DOS BICHOS

1. Qualquer coisa que ande sobre duas pernas é inimigo.

2. Qualquer coisa que ande sobre quatro pernas, ou tenha asas, é amigo.

3. Nenhum animal usará roupas.

4. Nenhum animal dormirá em cama.

5. Nenhum animal beberá álcool.

6. Nenhum animal matará outro animal.

7. Todos os animais são iguais.

Conforme o movimento se firmou alguns bichos foram tomando as iniciativas e controlando as ações. Os porcos, por serem os mais espertos, se encastelaram no mando da operação de guiar os destinos da granja. Logo sentiram a necessidade de alterar alguns mandamentos.

Ao quarto mandamento que dizia “Nenhum animal dormirá em cama”foi acrescentada a expressão, “… que tenha lençóis”. Isso porque os porcos passaram a dormir nas camas, pois precisavam de um bom descanso para melhor cuidar dos destinos da granja.

Ao quinto mandamento acrescentaram “…em excesso” uma vez que os porcos encontraram alguns barris de uísque e andaram bebendo.

O sexto mandamento também teve que sofrer uma pequena alteração quando os porcos imputaram a acusação de traição da causa a outros bichos. Assim o mandamento passou a ser “Nenhum animal matará outro animal…, sem motivo”. Quem determinava os motivos eram os porcos…

E por fim, modificaram o último que os deixava a todos iguais: “Todos os animais são iguaismas alguns são mais iguais do que os outros!”

Lá estavam os porcos!

Aqui estamos nós!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *