Cuidado com as entrelinhas…

Um caçador liga em pânico para o 190 para pedir ajuda:
– Eu estava voltando de uma caçada e encontrei uma pessoa toda ensanguentada no caminho. Acho que ela está morta!, diz ele apavorado…

– O que devo fazer?

A atendente solícitica responde:
– Fique tranquilo, vai dar tudo certo…
– Primeiro, baixe o seu telefone e veja se a pessoa está realmente morta…

Há um breve silência no telefone e logo em seguida a atendente houve um tiro. A voz do caçador retorna:
– Certo. O que eu faço agora?

A comunicação se dá com o que falamos e também com o que não falamos. A comunicação se concretiza com as ações decorrentes daquilo que aquele que ouve escuta. Cuidado com o que as entrelinhas falam!


Extraída do livro: Plato and Platypus walk into a Bar… Understanding Philosophy – through jokes (Thomas Cathcart & Daniel Klein)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *