II FÓRUM DE INOVAÇÃO NO RIO: Grandes pessoas!!!

Ao assistir a uma reportagem sobre animais selvagens no caminho de volta pra casa não pude deixar de fazer um associação com o animal humano. Eles, os animais selvagens, devem estar passando por um momento conturbado pelo tamanho das alterações provocadas pelo homem no meio ambiente. Com exceção a isso, a vida dos animais selvagens é muito simples, porque eles simplesmente são o que são. Alguns são ferozes, outros são dóceis. Alguns são agressivos, outros são furtivos. Alguns são ágeis, outros são lentos. Alguns são carnívoros, outros são herbívoros. Mas sobre nenhum deles paira dúvidas sobre o que eles são. Não há espaço para ser grande ou pequeno, porque seguem seu instinto e a sua natureza. Ao contrário deles, o animal humano tem consciência de tudo o que faz e, inclusive, da finitude da vida. A consciência gera muitas dúvidas e poucas certezas, mas ela também nos dá a oportunidade das escolhas. Podemos escolher ser ferozes ou dóceis; agressivos ou furtivos; ágeis ou lentos; carnívoros ou herbívoros. Mas, sobretudo, temos a natureza de escolher aquilo que queremos ser: grandes ou pequenos.

No evento de sábado II FÓRUM DE INOVAÇÃO EM SECRETARIADO: Elementos de grandeza a opção da escolha ficou evidente. Pessoas que encontrei e conheci fizeram a opção por serem grandes ao se darem a oportunidade de buscar a inovação a partir da grandeza humana. O constante e contínuo ato de nos tornarmos o que somos nos leva a nos superar e a inovar de uma maneira grandiosa. Grandiosa a ponto de permitir que os animais selvagens continuem sendo o que eles são. As nossas escolhas vão determinar tudo isso. E as inovações não necessariamente resultam em produtos ou tecnologias grandiosas, mas obrigatoriamente devem passar por nos converter em pessoas grandes.


Grande evento resultado do encontro de grandes pessoas. Obrigado Pepita, a sua comissão e a todos que ali estiveram!!!






Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *