Qual é o seu problema?

Clareza, para quem trabalha com pessoas, é a capacidade de ajudar os outros a avaliar a própria situação de maneiras novas e reveladoras, identificando problemas, possibilidades ou benefícios que elas sequer sabiam ter. Ter essa percepção é uma qualidade necessária na tarefa de mover pesssoas. Acrescente-se a isso a descoberta de Hershfield e uma equipe de pesquisadores de diferentes partes do mundo, de que nós nos entendemos como pessoas diferentes entre o dia de hoje e a data em nos que projetamos num futuro distante. Porque, se no futuro nós seremos pessoas diferentes em nossa própria mente, também os problemas serão outros. Ter isso claro também é fundamental.
Pessoas competentes em mover outras pessoas, em geral, são habilidosas em resolver problemas, conseguindo avaliar e prospectar necessidades, analisar previsões e entregar ótimas soluções. A habilidade para resolver problemas continua importante. Porém, nos dias de hoje em que a informação é abundante e democrática mais do que limitada e privilegiada, essa habilidade é relativamente menor. Ou seja, muito mais importante do saber a resposta eé saber fazer a pergunta. Se eu sei exatamente qual é o meu problema (se eu caso ou compro um bicicleta) eu tenho a possibilidade de encontrar as informações de que preciso para tomar a melhor decisão sem nenhuma assistência. Os serviços de terceiros são muito mais valiosos quando eu estou confuso, perdido ou completamente sem noção sobre o meu real problema. 

Portanto, a habilidade em mover pessoas muito mais do que resolver problemas nos remete a necessidade de “encontrar o problema”. Está claro para você qual é o seu problema? Se sim, a solução, provavelmente, existe e você poderá encontrá-la. Se não, o seu maior problema é não saber qual é o problema?
Pink, Daniel (2013). To sell is human. Chapter 6.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *