Antes de tudo, indivíduo…

Toda a pessoa que se refugia na multidão, covardemente foge da responsabilidade de ser um indivíduo.
. . . tal homem contribui com sua parcela de covardia para a covardia por nós conhecida como ‘multidão’.

Kierkegaard (1859/1998)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *