E o passado?

Visite, relembre, rememore e celebre o seu passado. Aprenda com ele. Porém, não queira recriar o passado. Não macule as suas memórias. Preserve as boas memórias do seu passado. Não o viole. Não o profane. Nós mudamos. Os outros mudam. As memórias são sagradas porque foram criadas num determinado tempo e lugar e por pessoas que já não existem mais, principalmente você. O que há de bom no seu passado? É passado…
Moacir Rauber

Fonte: http://blogmdcs.blogspot.de/2013/09/olhando-para-tras.html


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *