Skip to main content


Facetas!


Somos Únicos.
Somos Múltiplos.
By Moacir Rauber

Quem é você na Era Digital? O ESARH ajuda a responder…

Quem é você na Era Digital?

Tenho um amigo que está entre as pessoas mais pacatas, educadas e gentis que conheço. Ele sempre dedica tempo para conversar com ou outros sobre os outros e se coloca à disposição para ajudar. Entretanto, não queira que ele o ajude usando o carro, porque no trânsito ele se transforma. O meu amigo está perfeitamente representado no vídeo da Disney (https://youtu.be/-1TNHmLcEns) que mostra a transformação do Pateta no trânsito. O cidadão de bem, pacato, educado e gentil vira um monstro. E isso é um fenômeno muito mais comum do que se possa imaginar no trânsito. Porém, o que isso tem a ver sobre quem é você na Era Digital? Acredito que ocorre um fenômeno muito similar.

No trânsito a pessoa se transforma ao sentir que está no poder ao conduzir o carro e na Era Digital essa sensação de poder vem do anonimato. Entenda-se a Era Digital, como o período subsequente a Era Industrial, marcada por uma revolução tecnológica a partir de invenções como a rede de computadores, a fibra ótica e os microprocessadores, resultando numa revolução nas comunicações entre organizações e, principalmente, entre as pessoas. Os aspectos culturais de grande parte da população mundial foram afetados. Nos dias de hoje, posso me comunicar em tempo real com pessoas em todos os continentes do planeta. Tenho condições de enviar arquivos, de trocar informações, de fechar negócios, de desenvolver projetos e de estabelecer relacionamentos sem as limitações do espaço existentes antes da Era Digital. O ambiente virtual, resultado da Era Digital, tornou-se algo real e ocupa uma parte importante da vida do cidadão comum. Posso elogiar e posso criticar outras pessoas na rede. Um elogio feito para alguém gera alegria naquele que o recebe. Uma crítica feita no ambiente virtual pode gerar reflexão, dor ou sofrimento, dependendo da forma como ela é feita. O resultado pode ser exatamente igual como num relacionamento cara a cara. A diferença está na possibilidade do anonimato ainda presente no ambiente virtual que criou alguns monstros. Há pessoas, assim como o meu amigo motorista, que se transformam no ambiente virtual. Ao ler um texto com o qual não concordam elas agridem o autor com palavrões e expressões inimagináveis. Ao se defrontar com a opinião política divergente as ofensas são intermináveis. Ao ver uma pessoa na rede com um comportamento diferente daquele que ela considera adequado a maldade no comentário é imediata. E as redes sociais são um campo fértil para a criação de perfis falsos que dá ao cidadão comum o poder de ofender e, na grande maioria das vezes, não ser responsabilizado por isso.

Muitas pessoas falam no ambiente virtual coisas que não falariam cara a cara. E você, expressa-se no ambiente virtual de maneira coerente com aquela usada no ambiente físico? Entendo que este é o passo a ser dado para que possamos (Re) Criar a Humanização das pessoas e, consequentemente, das organizações, independentemente do ambiente ser analógico, digital, físico ou virtual. Vem aí a Era Pós-Digital, em que nós já não nos surpreendemos com o uso da tecnologia, mas com a sua falta, e o anonimato tende a ficar para trás. Por isso a pergunta quem é você? A era e o ambiente pouco importam, porque a escolha é sua: você é o cidadão de bem ou o monstro?

 Quem é você no ambiente virtual? O anonimato permite que você seja quem você quiser, mas é você quem vai revelar quem você realmente é. O ambiente? Pouco importa, a escolha é sua!

 

Moacir Rauber

Blog: www.facetas.com.br

E-mail: [email protected]

Home: www.olhemaisumavez.com.br

Moacir Rauber

Moacir Rauber acredita que tem "MUITAS RAZÕES PARA VIVER BEM!" porque "MELANCOLIA NÃO DÁ IBOPE". Também considera que a "DISCIPLINA É A LIBERDADE" que lhe permite fazer escolhas conscientes, levando-o a viver de forma a "QUE POSSA COMPARTILHAR TUDO COM OS PAIS E QUE TENHA ORGULHO DE CONTAR PARA OS FILHOS".

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *