Manter o movimento. Eis o desafio!

Acredito que as pessoas fogem de medo e atacam por medo; as pessoas buscam o poder por medo e também dele se esquivam de medo. Um processo instintivo. Digo isso a partir da minha perspectiva. Confesso que todos os dias sinto algum tipo de medo. Às vezes ele paralisa-me. Outras vezes ele traveste-se em raiva, indignação ou produz em mim um surto de coragem. Desse último medo eu gosto, porque ele faz com que eu me mova. Manter-me em movimento é o desafio. Tomar a consciência do processo é que faz a diferença. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *