O maior problema

Moacir Rauber

Quase sempre quando interagimos e nos relacionamos com outras pessoas, sejam elas da empresa na qual trabalhamos ou mesmo em qualquer outro círculo social, as conversas recaem sobre os problemas que se enfrentam. Apontam-se as situações problemáticas de comportamento da sociedade como um todo, dos meios de comunicação, de alguma organização,  de alguns indivído em específico, do chefe, do vizinho, do cachorro, do papagaio, enfim, de todos a nossa volta que já não demonstram atitudes adequadas e éticas. Quase em sua totalidade estão fora de nós e esquecemo-nos dos problemas derivados de nosso comportamento. Na grande maioria das vezes, na nossa visão, os nossos problemas são derivados daqueles que antes citamos. Dificilmente passa por nossas cabeças que os nossos problemas poderiam ser resultados das nossas próprias escolhas, muitas delas equivocadas. Das nossas omissões em não resolver, mas de trasnferir.  Principalmente se considerarmos que errar é humano, mas atribuir a culpa a outro é fundamental. E assim, vamos empurrando nossas culpas e procurando atalhos em busca do caminho mais fácil. Esquecemos que se nós assim pensamos também os outros possivelmente o fazem e transferem para nós as responsabilidades dos seus problemas, criando-se um círculo vicioso no qual ninguém resolve os próprios problemas.

O maior problema de cada um é literalmente de cada um. Algumas pessoas podem viver situações mais drásticas, terríveis e assustadoras, entretanto somente ela mesma poderá resolvê-las, por mais ou menos grave que seja. Ninguém pode resolvê-las para você, exceto você. Outras pessoas até podem se compadecer, se solidarizar ou mesmo colaborar com você em algum momento, mas ninguém pode resolver nada por você. Não se trata de egoísmo. Nós até podemos nos importar com os outros e entender que a situação vivida por aquele meu colega é difícil, mas cabe a ele resolvê-la ou não. Até o fato de transferir para os outros a responsabilidade que é sua é decicido por você. Por isso, o seu maior problema é o seu. Resolva-o que é a melhor maneira de colaborar para a resolução dos demais problemas!

Onde está o seu maior problema? Já conseguiu identificá-lo para poder resolvê-lo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *