Skip to main content


Facetas!


Somos Únicos.
Somos Múltiplos.
By Moacir Rauber

Resumo do mês de junho

No mês de junho foram publicados os seguintes textos no Blog FACETAS! Múltiplas faces de uma mesma pessoa:

Texto em Garrafas! Textos de Ádina Mirza que poderiam ser enviadas assim como mensagens breves em garrafas… Ao atravessar massas de água – rios, mares, lagos e oceanos virtuais –, essas mensagens buscam o encontro de outro Ser …

Ponto de Equilíbrio! Buscando harmonizar nossa pluralidade com nossa individualidade!

Opinião! Um texto para ler, avaliar e se posicionar, por meio de atitudes! Acesse, leia, comente, acrescente, critique e expresse mais uma de suas FACETAS!

Além dos textos foram postados os seguintes assuntos:

Acesse, leia e comente no Blog e quando quiserem sugerir um assunto ou publicar algum texto enviem-no ao meu e-mail [email protected].
Um abraço

Moacir Rauber

A história das coisas…

A sugestão do vídeo A História da Coisas foi enviada pela minha amiga Mayara Kunzler, que atualmente mora em Berlim. Ele apresenta, de forma didática, o modelo de vida que nós nos impusemos e cumpre com o objetivo a que se propõe, o de alertar-nos sobre a progressão geométrica do consumo frente a progressão aritmética da produção, num planeta finito. Um modelo inviável!
Mas tampouco se trata de uma questão de direita ou de esquerda; de escolher os Estados Unidos como os maus e os demais países como anjos; de nomear as organizações como malfeitoras frente a indivíduos bondosos. Isto porque se não fosse de direita seria de esquerda, a China nos pode provar isso; a diferença entre os Estados Unidos e os outros países é somente o poder, não as intenções; e por fim, as organizações não existem sem os indivíduos que as compõem, que somos nós, eu, você, a Maria, o João, o Pedro, etc.
Por tudo o que o vídeo nos expõe creio que se trata de que nós, seres humanos, temos que aprender rapidamente a mudar os hábitos e costumes como um todo, mas isso somente se consegue com ações individuais.
Assista e comente. Vale a pena!